expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Romance da escritora Sara Rifer intitulado como "Sob a Luz do Farol" Que tem a praia do Farol como cenário fictício é relançado na Bienal de Campos.

Foto: Ana Paula Muniz
"Sob a Luz do Farol é um romance que passa na praia do Farol de São Tomé, localizada em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro. O livro conta a história de Ariana, que nasceu e foi criada na comunidade basicamente formada por pescadores, só que isso não prejudicou o fato de Ariana querer estudar, conseguir conquistar uma vida melhor e muito menos encontrar o seu primeiro e único amor, Victor, que era da cidade e tinha uma condição de vida bem melhor do que a de Ariana.
O romance é fictício porém retrata bastante elementos reais, como conflitos humanos, a trajetória do petróleo brasileiro (Victor sonha em ser um grande geólogo) e a tradição cultural que abrange vários fatores super curiosos da praia. "
Resenha da Ana Paula Muniz.

Sobre o relançamento do livro na Bienal:

A escritora campista Sara Rifer relançou nesta quinta-feira (22) no Espaço do Autor da 8ª Bienal do Livro de Campos seus dois livros “Sob a Luz do Farol”, publicado em 2012, e “Longe de Casa”, publicado em 2013. Sara recebeu os cumprimentos de amigos e familiares e autografou os livros. Na oportunidade, ela anunciou que está escrevendo seu terceiro romance, “Amor e Ódio – Laços do Passado”.

Foto: Rodolfo Lins
“Sob a Luz do Farol” resgata a questão cultural do Farol. Trata-se de uma coletânea de relatos baseadas em pesquisas e vivências da autora. “Longe de Casa” traz a temática do conflito social sobre o desaparecimento de crianças e adolescentes, baseado em fatos reais.

- Esta Bienal para mim significa portas abertas para os talentos regionais na literatura, música, teatro, na arte de um modo geral - afirmou Sara Rifer, que é o pseudônimo de Jussara Ferreira, diretora de controle interno da Secretaria Municipal de Educação de Campos.