expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Mangue do Carapeba: secretaria Municipal de Meio Ambiente realiza neste sábado (26) uma consulta pública para a criação de uma Unidade de Conservação para a proteção da Área de Refúgio da Vida Silvestre do Mangue.

A secretaria Municipal de Meio Ambiente realiza neste sábado (26) de 9h às 12h, uma consulta pública para a criação de uma Unidade de Conservação para a proteção da Área de Refúgio da Vida Silvestre do Mangue do Carapeba, localizada em Farol de São Tomé. A consulta será realizada na Colônia de Férias da Terceira Idade e vai reunir segmentos acadêmicos, Ongs, sociedade civil organizada, além da população em geral.
- A consulta é um momento de apresentação dos estudos técnicos para viabilizar a criação da unidade, ou seja, é o momento de conhecer o projeto e tirar as dúvidas. Além disso, é uma exigência da lei do sistema nacional das unidades de conservação – informa o secretário Zacarias Albuquerque.
Durante a consulta, serão apresentados estudos organizados pela equipe técnica da Secretaria de Meio Ambiente, além de estudos de órgãos ambientais e universidades, que comprovam as riquezas naturais do Mangue do Carapeba.
- O objetivo é preservar o espaço do Mangue do Carapeba, que abriga aves de várias espécies, além de ser um berçário muito rico para a reprodução de espécies, como peixes e camarões também. O mangue é o encontro de água salgada e água doce, espaço para encontro de crustáceos como caranguejos e guaiamuns - informa.
Passada a etapa de consulta pública, será criada a lei. “Em seguida, a secretaria já planeja a construção do Centro de Visitantes, da sede administrativa e, também, fiscalização da unidade de conservação, cuja proposta é ser realizada pelo Grupamento ambiental. Para isso, foi necessário o apoio do Instituto Estadual do Ambiente (Inea)”, disse o secretário.